Seguidores

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Inocente e sem noção do perigo

0 comentários
Uma ocorrência do CBMG muito triste!

A colocação de concertinas nas casas causas diversos problemas e, como sempre, pagam os inocentes. 

Aqueles que fazem uso deste "artifício", alegando questões de "segurança", não pensam que, o ser humano "meliante" pensa e, se quiser entrar em algum local, o fará com "segurança", cortando o arame. 

Como sei que isto é feito também para não permitir a entrada de animais, só tenho a lamentar a maldade da maioria dos seres "humanos", que quer ser respeitada e exige os seus direitos, mas não respeita nada!

Este tipo de ocorrência deveria ser considerado maus tratos aos animais, porque seres inocentes, que merecem amor e cuidado, não tem a noção do perigo ao qual estão expostos. O responsável por esta maldade, ao invés de se preocupar se a cerca seria emendada, deveria arcar com os custos dos procedimentos veterinários e com o deslocamento da equipe de bombeiros.

Parabéns aos bombeiros, por este trabalho gratificante em salvar vidas!

O Corpo de Bombeiros Militar, de Juiz de Fora, foi acionado, na última sexta-feira (06), para atendimento de um gato, que ficou preso ao tentar passar por dentro de uma concertina metálica, em uma residência, localizada no Bairro Centenário.

No local, o gato miava de dor, nas várias tentativas de tirá-lo da situação em que se encontrava. Após um trabalho minucioso,  que exigiu muito cuidado e carinho, para que o gato não se machucasse ainda mais, ele foi retirado, bastante machucado e levado para o Canil Municipal de Juiz de Fora, onde ficou sob os cuidados médicos de um veterinário.  

Fonte, fotos e vídeo : Assessoria de imprensa – CBM-JF

 





Fonte, fotos e vídeo : Assessoria de imprensa – CBM-JF